Google+ Badge

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Flores de Cactos

Especializadas em viver em regiões de clima seco e aberto, com muita insolação e em solos formados por cascalho e areia, onde a água escoa muito rapidamente. Existem mais de 2.500 variedades de cactos, que crescem em diversos tamanhos e formas, podendo viver por muitos anos, sempre mantendo as suas cores e o seu vigor, embora atravessem grandes períodos sem chuvas.

São flores que se adaptam aos diversos locais, podendo ocupar espaços mínimos, seus tamanhos variam entre dois centímetros e dez metros de altura, qualidade essa que faz do cacto uma planta ideal para se ter em casa, porém necessitam de luz solar direta todo dia.
Para viver dessa forma, a planta possui alongadas e ramificadas raízes superficiais que aproveitam a pouca umidade do solo. Os espinhos ajudam, também, na redução da perda de água e na proteção contra predadores.
  
Mesmo sendo flores de regiões secas, no Brasil elas nascem em diversos tipos de ambientes, desde o Nordeste (mandacaru), passando pelo litoral (restingas) e chegando em Santa Catarina (flores-de-maio), com suas flores muito vistosas que atraem diversos pássaros.

Todas as variedades de Cactos florescem, e quando ocorre a primeira floração, passa a acontecer todo ano na mesma época em que floresceu pela primeira vez.

Quando cultivados em vasos, os Cactos devem ser expostos ao sol, com bastante ventilação e pouca umidade. Os mini-cactos, desses que encontramos à venda, possuem menor resistência à luz solar direta, permitindo cultivá-los em locais bastante iluminados dentro de casa, mas sem exposição direta aos raios solares.

Essas flores representam força, perseverança e fortuna. São indicadas para os sábios, os mais velhos e os astutos.






Nenhum comentário:

Postar um comentário