Google+ Badge

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

BANANA


É uma das frutas mais consumidas em todo o mundo. Contém diversas vantagens nutricionais, que a faz ser bastante procurada por atletas.

CLASSIFICAÇÃO CIENTÍFICA: Reino: Plantae, Divisão: Magnoliophyta, Classe: Liliopsida, Ordem: Zingiberales, Família: Musaceae e Gênero: Musa. 
Considerada uma das culturas mais antigas do mundo, a banana teria vindo do Sudoeste Asiático. Sua origem conhecida remonta à Antiguidade, perdendo-se em registros da mitologia grega e indiana. Sabe-se que na Índia e regiões próximas ela é cultivada há mais de 4 mil anos. Existem ainda espécies de banana selvagem na Indonésia, nas Filipinas e Malásia.
Existem diversas espécies de bananas. No Brasil, as mais conhecidas são: nanica, prata, banana-terra e a banana maça. Elas nascem verdes e quando estão maduras ficam com as cascas amarelas (maioria das espécies) ou vermelhas (minoria). Cada bananeira produz de uma só vez de 5 a 15 pencas de banana.
São muito utilizadas na culinária de centenas de países. São consumidas ao natural, fritas, cozidas e assadas. Uma banana madura e de porte grande (nanica, por exemplo) pesa, em média, 120 gramas. A banana nanica, mais consumida no Brasil, é muito utilizada em bolos, doces e outros pratos da culinária brasileira.
As bananas formam-se em cachos na árvore chamada bananeira, é uma fruta rica em fibras, potássio, vitaminas C e A e que não possui sementes. É uma fruta tropical que possui polpa macia, saborosa e doce, ela é um fruto sem fecundação prévia. Aproximadamente, 70% da banana é composta por água.


Acredita-se que a origem do nome venha de banan, que significa dedo, em árabe. Seu nome botânico vem do latim - Musa sapientium - e pode ser traduzido como fruta dos homens sábios. Essa designação seria porque na Arábia os homens eruditos descansavam à sua sombra. No Brasil, um dos três maiores produtores de banana do mundo, é a fruta mais popular, bastante consumida de Norte a Sul.
Bastante adaptada ao clima quente, a banana virou símbolo de regiões tropicais e, atualmente, é cultivada em mais de cem países, tendo a Índia como maior produtora. No Brasil, os tipos mais conhecidos e consumidos são nanica, prata, banana-da-terra e banana-maçã.
A versatilidade da banana - que em muitos locais é usada ainda verde como legume, podendo ser frita, cozida ou assada como batata - é um dos motivos do seu sucesso. Outro fator é, sem dúvida, os benefícios que ela pode trazer para a saúde.
A banana é rica em carboidratos - que fornecem energia ao organismo - em potássio (mineral importante para o bom funcionamento dos músculos) e em vitamina B6, importantíssima para a formação de células do sangue e de substâncias para o cérebro. A banana contém triptofano, nutriente envolvido na produção de serotonina, substância responsável pelo humor.
A banana fica ótima misturada com proteínas em pó, acompanhada de quinoa em flocos, farelo de aveia e de linhaça dourada, alimentos importantíssimos para a saúde do esportista. Não existe uma recomendação de ingestão mínima diária da fruta.
A fruta é tão popular no Brasil que acabou ganhando novas representações em diferentes expressões: por exemplo, dizer que algo está a "preço de banana" significa que está muito barato. Xingar alguém de banana é o mesmo que chamar a pessoa de mole, medrosa.
Para que as bananas durem mais, basta cortar com uma tesoura ou uma faca, separando cada banana da penca, deixando um bom pedaço do cabinho. No dia seguinte ao corte, a ponta cortada já estará seca e fechada. Isso evita também que ela mele e atraia mosquitos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário