Google+ Badge

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

CRISTA-DE-GALO

 A Crista-de-Galo é uma planta florífera, também conhecida como Celósia Cristata. Trata-se de uma herbácea nativa da região tropical da América que tem por principal característica apresentar flores volumosas e retorcidas de cores fortes, como o vermelho, roxo e amarelo.
Devido a aparência peculiar de suas flores, a crista de galo é bastante utilizada no paisagismo, dando uma aparência diferenciada nos jardins e jardineiras. É uma planta anual de verão, de inflorescência macia, dobrada e brilhante, com a textura de veludo. A folhagem é ereta, verde ou bronzeada, com folhas lanceoladas. Sua altura varia entre 30 e 40 centímetros40 a 60 centímetros e entre 60 a 90 centímetros.
Existem variedades anãs, que são muito adequadas para a composição de bordaduras e grandes maciços. Curiosidades: Cada planta é capaz de produzir milhares de sementes. É utilizada como verdura em vários países da Ásia, América do Sul e África.
A Crista-de-Galo exige solo fértil e enriquecido com matéria orgânica, regas frequentes e sol pleno. Seu crescimento deve ser nos meses de verão para que floresça adequadamente. O frio durante os primeiros meses após o plantio pode provocar a floração prematura e diminui o desempenho da planta. Multiplica-se por sementes.
Nome Científico da Crista-de-Galo é Celosia cristata, outros nomes populares: Amaranto, Celósia, Suspiro. Pertence à família das Amaranthaceae, categoria flores anuais, folhas e flores. Sua origem é asiática.
Apresenta folhas alternas, simples e pouco pecioladas, de forma oval-lanceolada e apresentando nervuras bastante visíveis. Sua floração acontece no verão. O seu cultivo deve-se efetuar só quando as temperaturas noturnas estiverem acima dos 15º C.
No jardim esta planta deve ser colocada em posição soalheira, onde possa apanhar o máximo de horas de sol.  Pode ser cultivada em vaso como planta de interior, devendo ser colocada na janela onde haja mais sol. É uma planta que exige terrenos bem drenados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário