Google+ Badge

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

JARDINAGENS PARA EMPRESAS

 

A jardinagem está entre as atividades mais antigas que o homem desenvolve. Cultivar a terra está entre as nossas necessidades básicas. Sempre tiramos do solo todos os ingredientes necessários para o nosso sustento – direta ou indiretamente – assim como também vemos nascer árvores e plantas ornamentais, que são uma das necessidades que fazem da nossa vida e dos nossos ambientes fechados ou abertos, um deleite.

Durante muito tempo, deixamos de cultivar jardins por considerá-los apenas como passatempo, que a vida moderna tratou de colocar em segundo plano e por consideramos passatempos desnecessários. Há muito sabemos que cultivando plantas com amor e carinho, elas correspondem com muito mais folhas, flores e frutos. Contudo quando deixamos de cuidar delas e rega-las, elas secam e morrem.

E você empresário, tem cultivado da manutenção do jardim da sua empresa? Tem dado ao jardim a atenção que ele merece? Ou tem deixado que colaboradores não especializados ou terceirados, que não se preocupam com sua empresa cuidem do seu jardim?!

Todo empresário que realmente se preocupa com a identidade visual da sua empresa, com a primeira impressão do visitante, trabalha com uma empresa especializada, motivada, o que rende mais resultados a empresa, e que administra o seu jardim como se fosse o jardim da empresa dele.

Quando temos uma equipe de trabalho desmotivada e sem amor pelo que faz, a consequência é a retaliação de muitos colaboradores para com a organização, o que irá certamente ocasionar um trabalho mau feito.

As pessoas apreciam um jardim com flores, um gramado bem cuidado, um caminho de pedras ou um banco bem ao lado de uma roseira viçosa. As casas rodeadas de áreas verdes, normalmente em condomínios horizontais, passaram a ter a preferências das pessoas que buscam qualidade de vida.

Empresas especializadas criaram a tecnologias em irrigação automática; arquitetos paisagistas apostaram no mercado, não só o de obras públicas e empresas, mas também o residencial e comercial, e passaram a fazer grandes e pequenos projetos. Surgiram as lojas de plantas para fornecer todo o material e gramas necessários. 

A contratação de empresas especializadas nesse mercado está na comunicação direta com o cliente. Eles geram material de prestação de serviço, por intermédio de um relatório de manutenção, o cliente é informado sobre os insumos e serviços aplicados no jardim, bem como sugestões para a sua ampliação ou melhorias (como economia de água ou energia).

O empresário não precisa ficar se preocupando com nada, com relação a compras de material, orientação aos colaboradores, pagamentos ou causas trabalhistas. Todos os entendimentos e contratações de serviços são feitos diretamente com as empresas contratadas.

 As empresas  especializadas têm como área de atuação: empresas comerciais, industriais, e de serviços, iniciativas priadas, setor público e empresas de economia mista, condomínios residênciais e comerciais, restaurantes, clínicas, escolas, entre outros.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário