Google+ Badge

terça-feira, 21 de maio de 2013

TEMPLO E JARDINS BAHA'I, HAIFA, ISRAEL



Os Jardins Baha'i, em Israel possuem mais de 450 espécies diferentes de plantas, várias delas coloridas e apresenta também, trabalhos em pedra e metal, além de extensos gramados e arbustos. Dada sua beleza, os Jardins Baha’i receberam o título de “Oitava Maravilha do Mundo”.


Os povos, perseguidos na Pérsia (atual Irã), estabeleceram sua sede em Haifa, em Israel. Seus mirabolantes Jardins e santuários dominam a paisagem da cidade em uma sucessão de degraus e plataformas suspensas. Os edifícios do Centro Mundial Bahá'í incluem tanto os lugares sagrados Bahá'ís que são visitados durante a peregrinação, como corpos administrativos internacionais da Fé Bahá'í, é composto de 20 escritórios administrativos, edifícios de peregrinação, bibliotecas, arquivos, residências históricas e Santuários. Essas estruturas são estabelecidas entre todos os 30 diferentes jardins e patamares individuais.



Os edifícios são localizados em Haifa, ‘Akká, e Bahjí, Israel. A localização dos Edifícios do Centro Mundial tem sua raiz com o aprisionamento de Bahá'u'lláh em ‘Akká, vizinho da cidade de Haifa, pelo Império Otomano durante a sua soberania sobre a Palestina, atualmente Israel.



Os santuários e Jardins Baha’i em Haifa foram declarados Patrimônio Mundial pela Unesco, elevando para onze os locais em Israel com esta classificação. Em Haifa o santuário Baha’i é composto por Jardins perfeitamente simétricos distribuídos por 18 terraços no Monte Carmelo. A cúpula dourada do santuário, no topo do conjunto de jardins, é uma das imagens emblemáticas de Haifa. O local acolhe cerca de meio milhão de visitantes por ano. 




Nenhum comentário:

Postar um comentário