Google+ Badge

sexta-feira, 8 de março de 2013

07 ÁRVORES EXCEPCIONAIS – ABRICÓ-DE-MACACO OU BOLA-DE-CANHÃO


Trata-se de uma bela árvore, apropriadamente chamada de bola-de-canhão ou abricó-de-macaco, comum a certas regiões do norte da América do Sul e Caribe. Normalmente elas exigem uma placa de alerta embaixo, pois seus frutos podem cair quando maduros, e uma vez que têm mais de 10 centímetros de diâmetro, podem facilmente matar uma pessoa. Não se deve plantar uma dessas árvores perto de calçadas e ruas. Mas se você conseguir chegar perto de uma, você terá uma grande visão de suas flores incríveis.
É uma espécie de árvore nativa da Amazônia e também da Venezuela e Guiana, que tem frutos carnudos, grandes e redondos que pendem em cachos. Suas flores são magníficas, muito perfumadas que saem diretamente do tronco e possuem cores exuberantes. É bastante usada em paisagismo urbano e em fazendas.
De acordo com a classificação botânica, pertence ao Reino Plantae, Divisão Magnoliphyta (Angiospermae), Classe Magnoliopsida e Família Lecythidaceae. Apresenta o nome científico de Couropita guianenses e sinonímia botânica Lecythis bracteata e Pekea couropita. É conhecida com diversos nomes populares: abricó-de-macaco, castanha-de-macaco, cuia-de-macaco, amêndoa-dos-andes, cuiarana, curupita, árvore-de-bola-de-canhão, macacarecuia e bala de cañón (em espanhol). O abricó de macaco pertence à mesma família da castanha-do-Pará e também do jequetibá.

O abricó de macaco pode atingir 25 metros de altura, sendo que, em seu ambiente natural, pode chegar a 35 metros. É uma espécie de clima quente e úmido. As flores apresentam seis pétalas, de coloração alaranjada, vermelha e também esverdeada, possuem longos estames brancos, amarelos ou róseos formando magníficos “arranjos florais” grudados no tronco. As flores surgem do tronco e soltam longos “cipós” que podem chegar a 3 metros de comprimento.
A floração pode perdurar por todo o ano, mas é mais intensa na primavera e verão. Os frutos de casca marrom e lenhosa, com cerca de 3 quilos e 20 cm de diâmetro, o que lhe valeu o nome em inglês de “cannon ball tree” (árvore-bola-de-canhão). Sua polpa é gelatinosa, azulada e mal cheirosa, com 200 a 300 sementes. Os frutos demoram quase um ano para amadurecerem.
Como é uma árvore exótica, considera-se uma bela árvore ornamental, pois quando está em florescimento é um dos espetáculos mais bonitos e curiosos da natureza, com o tronco virtualmente enchendo de flores.
Apesar de serem perfumadas, as flores também são estranhas, aparecendo em grupos – cada um desses grupos pode chegar a medir cinco metros de comprimento. Suas folhas e flores são usadas medicinalmente – diz-se que elas possuem propriedades analgésicas e antibacterianas. A casca do seu tronco, supostamente, cura resfriados. O suco das folhas é usado para tratar malária e doenças de pele e mastigar folhas novas alivia dores de dente.
Deve ser cultivada sob sol pleno, em solo fértil, enriquecido com matéria orgânica e irrigado regularmente. Aprecia o calor, a umidade e tolera o encharcamento. Nos primeiros anos é interessante proteger a muda do sol quente do meio-dia, da mesma forma como ela estaria sendo protegida pelas copas das árvores na floresta. As florações surgem a partir do quinto ano. Multiplica-se por sementes.
Florida ela é um assombro da natureza.  Suas flores são grandes, carnudas e perfumadas: rosadas, como se fossem enceradas…  Na Índia, elas são encontradas nos templos dedicados ao deus Shiva e no Sri Lanka em templos budistas. Para os hindus ela é sagrada porque suas flores lembram o chapéu usado por Naga, uma cobra sagrada de sua mitologia.

Para conhecer um exemplar desta arvore aqui no Brasil não é tão difícil para quem passa pelo Rio de Janeiro. Ela é facilmente encontrada no Aterro do Flamengo e arredores do Jardim Botânico. Se passar pelo Rio de Janeiro não perca essa oportunidade de passeio!

6 comentários:

  1. Realmente, a conheci em bota fogo no rio.

    ResponderExcluir
  2. É um espetáculo das mãos de DEUS !!!

    ResponderExcluir
  3. É um espetáculo das mãos de DEUS !!!

    ResponderExcluir
  4. conheci esta maravilha em Artur Nogueira, cidade de São Paulo. Só Deus poderia criar tanta beleza.

    ResponderExcluir
  5. Tenho uma em casa e deu sementes, que ficaram no chão e agora são mudas, se alguém quiser é só buscar!

    ResponderExcluir
  6. Tem uma em Presidente Venceslau ... muito linda .... a natureza é perfeita !

    ResponderExcluir